maio 18, 2017

Tipos de vidro

Vidro Temperado

Possui uma resistência de cerca de quatro vezes mais, se comparado a do vidro comum, devido ao processo de fabricação do vidro, que passa por uma “têmpera” onde é aquecido a altas temperaturas e depois resfriado muito rapidamente. Conhecido como “vidros de segurança”, o vidro temperado estilhaça, ou seja, se vier a quebrar, estoura em inúmeros fragmentos pequenos não-cortantes, o que é uma de suas mais conhecidas vantagens.

Vidro Laminado

Classificados como “vidros de segurança” o vidro laminado são constituídos por duas ou mais chapas de vidro fortemente intercaladas, por uma ou mais camadas de polivinil butiral (PVB). A principal característica do vidro laminado é a de, ao quebrar, os fragmentos ficam presos ao butiral. Pode ser produzido com o vidro temperado, proporcionando ainda mais segurança e resistência.

Vidro Multilaminado

São aqueles comercialmente denominados de “vidros anti – vandalismo”. Consiste em unir várias camadas de vidro laminado formando assim um grande “sanduíche” de chapas de vidros, proporcionando ainda mais resistência.É o mais indicado para ambientes que necessitam de proteção reforçada como bancos, vitrines de lojas de luxo, guaritas, joalherias, piso, visores de piscina entre outros. Um exemplo da utilização do vidro multilaminado são os muros de vidro, tendência na arquitetura atual pois, conferem elegância, leveza e segurança sem perder a beleza do ambiente.

Temperado Serigrafado

O processo para a obtenção do vidro serigrafado consiste na aplicação de uma tinta vitrificada (esmalte cerâmico) no vidro comum, incolor ou colorido na massa. Em seguido a chapa de vidro passa por um forno de têmpera, onde os pigmentos da tinta passam a fazer parte dele. Ao final do processo é obtido um vidro temperado e resistente inclusive ao atrito de metais pontiagudos.São inúmeras as possibilidades para a aplicação do serigrafado. Sendo empregados com frequência em produtos de linha branca e automotiva. Também é muito utilizado na indústria moveleira e construção civil (interiores e fachadas de edifícios).

Vidro Temperado Refletivo

A transformação do vidro temperado comum em refletivo consiste na aplicação de uma camada metalizada numa de suas faces.Popularmente chamados de “vidros espelhados” os vidros refletivos garantem com eficiência o controle da intensidade de luz e do calor transmitidos para os ambientes internos, pois reduzem em até 80% a passagem de calor por radiação solar. Sendo assim, são os mais recomendados para o uso em fachadas de edifícios, coberturas, portas, janelas e etc.

Vidro Temperado Laminado

Consiste no mesmo processo do vidro laminado porém com a utilização de chapas de vidro temperado para a laminação.

Vidro Impresso

É obtido passando-se uma tira de vidro fundido entre rolos a 900 graus, e o espaçamento entre estes dois rolos é o que determinará a espessura final do produto. O rolo superior é liso e o inferior leva na superfície a gravação do desenho (padrão) que se deseja imprimir no vidro. Utiliza das mesmas matérias-primas e insumos básicos do processo do vidro float.O vidro impresso também pode receber beneficiamentos como laminação, têmpera, espelhamento, jateamento e bisotê.

Com desenhos suaves e uniformes, os vidros fantasia tem a capacidade de difundir a luz e os raios solares, mantendo a privacidade dos ambientes sem perder luminosidade. É indicado tanto para a construção civil quanto para a decoração de interiores, objetos decorativos e indústria moveleira.

 

Fonte: interbox